Suspeito de alta periculosidade morre após apontar arma por GTO em Parauapebas

0

Durante a manhã desta sexta-feira, 1°, Gustavo Santos Barros morreu após apontar uma guarnição do Grupo Tático Operacional (GTO). O caso aconteceu na rua Clara Nunes, no bairro Guanabara.

Segundo informações, a guarnição estava em rondas quando notou um grupo de pessoas em atitude suspeita, onde um dos integrantes teria jogado fora uma sacola plástica contendo algumas substâncias de drogas. Em um determinado momento Gustavo Santos teria sacado uma pistola e apontado contra os militares, de imediato um dos agentes realizou um disparo para repelir a injusta agressão.

O suspeito foi socorrido e encaminhado ao Hospital Municipal de Parauapebas (HMP), mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Ele estaria sendo investigado por ter participação em diversos crimes, ente eles o assassinato da adolescente Vitória Dias Silva, no dia 12 do mês passado no bairro Beira Rio.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.