Parauapebas: “Coritiano” morre ao atirar na PM e “Coringa” é preso em sua companhia

0

Uma ação da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (ROCAM) resultou na morte de um suspeito identificado apenas pelo vulgo de ‘Coritiano’ e na prisão de Denilson Santos Vera, o coringa, homicida de alta periculosidade, o caso aconteceu na madrugada deste sábado, ,03.

Segundo informações, os militares estavam em rondas pela rua Rua Ivanir Ribeiro, bairro Jardim América II, quando avistaram dois indivíduos em atitude suspeita em frente de uma casa e ao se aproximarem para realizarem a abordagem, um dos indivíduos teria sacado um revólver e efetuado dois disparos contra a guarnição, imediatamente um dos policiais revidou acertando três disparos no criminoso. Na companhia de Coritiano estaria Denison Santos Vera que teria tentado fugir, mas foi contido, com ele estaria vinte e quatro munições de calibre .40, além de uma munição de calibre .30 e uma de 9mm.

Segundo ainda a PM, Denilson Santos confessou já ter participado de três homicídios, sendo dois esquartejamentos atrás da escola Fernando Pessoa, no bairro dos minérios, no ano de 2019, e terceiro homicídio foi registrado no bairro liberdade quando teria ido assassinar um membro da facção rival, como forma de subir de cargo na sua facção, afirmando ainda que estaria em Parauapebas para limpar a ”mancha vermelha”.

“Coringa”, segundo a PM, é disciplina do Primeiro Comando da Capital (PCC) e ele teria confessado que estava indo roubar um carro para cumprir um “salve” contra membros da facção rival no bairro Liberdade, em decorrência da morte do jovem Murilo Benícios, ocorrido na última quarta-feira, 31, no bairro Casas Populares II.

Coringa preso com munições.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.