Parauapebas: Após diversos roubos de motocicletas, motoboys se unem e pedem mais segurança para a categoria

0

Motoboys de Parauapebas se unem e pedem medidas para aumentar segurança da categoria e dos consumidores no município. Os profissionais que atuam nas ruas de Parauapebas como motoboys relatam casos de violência envolvendo assaltos constantes durante as entregas.

De acordo com os profissionais a categoria vem trabalhando com total insegurança.

Confirme Jorge Luiz, os motoboys que atuam principalmente no período noturno estão vulneráveis e alvo fácil de criminosos. Por isso a categoria pede providências das autoridades para garantir mais segurança aos profissionais que dependem do trabalho para sobreviver e garantir a renda familiar. “Semana passada um companheiro de profissão teve a moto roubada durante uma entrega na Rua Tocantins e um outro caso de roubo a categoria foi registrado no bairro Betânia, situação registrada em plena luz do dia.” Frisou o motoboy.

Os motoboys afirmam que exercem a profissão de maneira insegura ” A gente sai para trabalhar e não sabemos se vamos voltar para casa.” Reforçou Jorge Luiz.

Felipe Fernandes, foi vítima de assalto na última sexta-feira, 13, onde teve a motocicleta levada pelos criminosos, o caso aconteceu no momento em que o profissional atuava como entregador. “Tá havendo muitos assaltos nos últimos dias, tendo como vítimas os motoboys. Por isso, pedimos o apoio da segurança pública para que haja mais rondas, principalmente nos bairros, onde o índice de violência é maior.” Solicitou Felipe Fernandes.

Para eles o reforço policial, irá garantir mais segurança aos profissionais que atuam como motoboys nas ruas da cidade. ” A gente trabalha com medo.” Frisou Felipe.

A categoria realizou reivindicação por mais segurança aos motoboys na Câmara Municipal de Parauapebas, onde foram recebidos por uma comissão de vereadores, formados pelos parlamentares Miquinha, Francisco Eloecio  Raianny Rodrigues.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.