Nossa Senhora de Nazaré leva milhares de devotos a mais uma procissão do Círio em Parauapebas

0

Após dois anos sem a tradicional procissão devido à pandemia da covid-19, devotos lotaram as ruas por onde a romaria passou, num momento de agradecimento e renovação da fé.

A 18ª edição do Círio de Nossa Senhora de Nazaré, em Parauapebas, teve como tema “Maria, mestra do amor!”. A tradicional procissão de fé foi realizada na tarde deste sábado, 22, e reuniu milhares de pessoas em torno de um amor cristão que transborda, renova a fé e gera agradecimentos à Mãe de Jesus.

A concentração dos fiéis foi na Igreja São Sebastião, no bairro Cidade Nova, onde foi celebrado o Santo Terço; em seguida, o bispo Dom Vital Corbellini conduziu a imagem de Nossa Senhora de Nazaré até a berlinda para dar início à romaria de fé e devoção.

Durante todo o trajeto, agentes do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte (DMTT) orientavam pedestres e condutores de veículos juntamente com a Polícia Militar e equipes do Corpo de Bombeiros Civil.

“É o círio do reencontro após dois anos sem ter feito a procissão tradicional pelas ruas de Parauapebas. É o 18° Círio de Nossa Senhora de Nazaré, que nos alegra muito e tem como tema ‘Maria, mestra do amor!’, e está ligado à Campanha da Fraternidade deste ano. É lindo ver o povo novamente nessa procissão de fé e devoção”, manifestou-se o bispo Dom Vital Corbellini.

No reencontro com a Virgem, a emoção de quem passou dois anos sem ir às ruas para homenageá-la e render graças. “Significa renovação de fé, esperança, de amor. Para nós que somos devotos de Nossa Senhora de Nazaré, esse é um momento muito esperado aqui da cidade de Parauapebas. Dois anos sem ter o círio e hoje está voltando essa festa religiosa, grandiosa e muito importante. Esse é o momento de confraternização e celebração para o povo parauapebense, paraense”, disse José Macedo, que estava com a família acompanhando a procissão.

Bastaram alguns minutos para o início da procissão para um mar de gente se formar pelas ruas da cidade. Cada espaço era disputado por quem queria ficar pertinho da berlinda a conduzir a imagem da santa, que por onde passava recebia muitas homenagens.

Faixadas de casas e empresas decoradas, tudo para homenagear a rainha da Amazônia. Após três horas de procissão, a berlinda chegou ao destino final, o Santuário de Nossa Senhora de Nazaré, onde centenas de devotos já aguardavam para a missa.

O prefeito Darci Lermen acompanhou a procissão e ressaltou a importância dessa grande festa para a comunidade católica “O círio é um momento de agradecimento. Certamente, a gente tem muita coisa para agradecer. Estamos aqui por isso. Essa peregrinação é justamente o sentido para explicar esse amor que a gente tem pela mãe de Jesus. Um Feliz Círio a todos”, desejou o prefeito.

Texto: Marcelo Duarte

Fotos: Renato Resende

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.