Inspetoria de Operações Especiais trabalha em aperfeiçoamento da Guarda Municipal de Parauapebas

0

Ligada à Secretaria Municipal de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão (Semsi), a Guarda Municipal de Parauapebas (GMP) tem realizado uma série de treinamentos para seus grupamentos especializados ao longo destes três primeiros meses de 2023.

Em conjunto, os grupamentos da GMP formam a Inspetoria de Operações Especiais (Iope), focada no aperfeiçoamento e padronização destas unidades.

A Iope é formada pelo Grupamento de Ações com Cães (GAC), pela Ronda Ostensiva Municipal (Romu) e a Ronda Ostensiva Motorizada (Romo). Esses são os grupos de maior complexidade, capazes de agir em situações variadas, dando à força de segurança municipal um leque de formas diferentes de proteger a integridade da população e dos bens públicos ou privados nas zonas urbana e rural do município.

Desde o início do ano, os grupamentos da Iope já passaram por uma extensa lista de treinamentos: defesa pessoal; técnicas com cão policial; doutrina da Romu; conduta de patrulha; CQB (combate em ambientes confinados); APH (atendimento pré-hospitalar) tático; resgate, salvamento e auto salvamento aquático; patrulha rural; imobilização tática; noções básicas de condução de VTR (viatura); VCQB (combate veicular), além de noções de armamento, munição e tiro.

Segundo o inspetor da Iope, Elton Lima, responsável por ministrar o treinamento de defesa pessoal com base em técnicas do Jiu-jitsu, os grupamentos especializados da GMP precisam de continuidade, para manter a alta qualificação de seus agentes.

“Temos o esforço de estar constantemente aperfeiçoando nossos guardas, sempre visando as mais complexas situações que o combate à criminalidade no município podem nos trazer. A preparação é crucial para abordarmos estes casos da melhor maneira possível”, explica Lima.

A prática da Guarda Municipal em qualificar seus profissionais vem em conjunto com um constante alinhamento das forças de segurança de Parauapebas, como o Centro de Controle e Operações (CCO), responsável pelas câmeras de monitoramento do município, e as polícias Militar e Civil.

Reuniões periódicas realizadas na Semsi têm garantido que essas forças permaneçam trabalhando em sincronia e em prol do bem-estar do cidadão.

Juliano Corrêa

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.