Foragido da Justiça reage abordagem policial e leva o “farelo” em Eldorado dos Carajás

0

Durante a tarde desta quarta-feira (22), o roubo de uma carga de cigarros resultou na morte de um dos suspeitos que participou da ação criminosa. O caso aconteceu na zona rural de Eldorado dos Carajás, distante cerca de 67,3 km de Parauapebas. Durante a ação criminosa foi subtraído tanto a carga e o veículo que transportava. O funcionário da empresa de imediato comunicou as autoridades policiais sobre o fato, detalhando que os criminosos estavam em uma kombi e uma pick-up, ambos de cor branca.

Imediatamente com base no rastreamento do caminhão, foi iniciado diversas diligências, aonde o rastreador apontou que o veículo estaria nas imediações da vicinal Jandaia. Diante das coordenadas, a guarnição se deslocou até o local, entretanto, nada foi localizado, mais a frente foi avistado o automóvel tipo Kombi, com as mesmas características, porém no momento da abordagem nada foi encontrado.

Uma pessoa que passava próximo do local informou aos a policiais que teria visto alguns homens fazendo a retirada de algumas caixas e passando para um outro carro.

Após um longo patrulhamento, os agentes da lei conseguiram encontrar o segundo veículo descrito pela vítima, qual o motorista do mesmo empreendeu fuga ao avistar a viatura policial, uma breve perseguição foi realizada, porém os fujões não foram muito longe e ao chegar nas proximidades do “Curral 4” perderam o controle, pararam o automóvel e já desceram atirando, segundo ainda o relato da PM.

Mediante a injusta agressão, os militares dispararam contra o bando como forma de conter o tiroteio, aonde um dos suspeitos foi atingido pelos disparos. O indivíduo foi socorrido e encaminhado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Um revólver calibre 38, duas munições e a carga foi apresentada na delegacia. Durante a revista no bandido, foi encontrado uma carteira de identidade no nome de André Nogueira Rodrigues, aonde foi descoberto que o documento era falso e o nome verdadeiro é Anderson Delano Campos, inclusive havia um mandado de prisão em aberto em desfavor do mesmo.

(Pebas Notícias)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.