Dupla é presa logo em seguida de assaltar professora em Parauapebas

0

Na tarde desta sexta-feira, 16, uma operação conjunta entre a Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) e a Polícia Militar resultou na prisão de dois suspeitos identificados como Arthur Alves Privado e Saymo Raelson Oliveira Neves. A dupla é acusada do crime de roubo e foi detida em flagrante.

De acordo com informações, o Centro de Controle e Operações (CCO) repassou aos guardas municipais a descrição de dois indivíduos, ambos morenos, magros e de estatura mediana. O condutor da motocicleta trajava uma camisa do Flamengo e short vermelho, enquanto o outro usava uma camiseta cinza. Eles estavam a bordo de uma motocicleta Honda Biz vermelha e haviam acabado de assaltar uma professora em frente à Escola Municipal Milton Martins, na Nova Carajás, localizada na Avenida Parauapebas, levando consigo uma bolsa e um celular.

Imediatamente, os guardas municipais iniciaram as rondas e, ao chegarem na Avenida Pierre Rafael Fragoso, no Bairro Amazonas, avistaram a motocicleta mencionada estacionada. Próximo a ela, estava Arthur Alves, vestindo short vermelho e camisa azul. Ao ser questionado sobre sua presença no local, ele afirmou que estava com sua esposa e que a motocicleta havia apresentado problemas na roda. Segundo sua versão, ele teria deixado a companheira em casa e voltado para resolver o contratempo.

No entanto, a explicação de Arthur não convenceu os agentes, que com o apoio da Polícia Militar dirigiram-se a uma distribuidora próxima. Lá, eles obtiveram acesso às imagens do circuito interno de câmeras de segurança, as quais desmentiram a versão apresentada por Arthur. As imagens mostraram que ele estava conduzindo o veículo na companhia de outro homem, ambos vestindo as roupas descritas pelo CCO. Além disso, o garupa estava de posse da bolsa roubada.

Após confrontados com as evidências das imagens, Arthur confessou o roubo, revelando o endereço da residência de Saymo Raelson. Saymo foi localizado durante o trajeto em direção à sua casa, em um lava-jato. Ele também admitiu sua participação no crime e indicou o local onde estavam os objetos roubados.

Diante dos fatos, os suspeitos foram encaminhados para a delegacia, onde serão tomadas as providências legais cabíveis.

Pebas Noticias.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.